Sábado, 22 de Setembro de 2007

Até ao fim da jornada ...

 

 

A vida leva-nos para longe...parece que não nos deixa ver como é...Mas quando conseguimos observá-la...vemos curvas, caminhos, cruzamentos, linhas paralelas, semáforos vermelhos, intermitentes e muitas das vezes, verdes...o problema é quando alguns de nós é daltónico Smiley

Andamos em movimento de rotação, passamos do dia para a noite, da noite para o dia e é neste movimento que a leveza se torna pesada...o peso das experiências acumuladas...vividas ou não...nem nós nos apercebemos Smiley

Sonhos que vão sendo cada vez mais vulneráveis Smiley ... o fardo vai-se tornando cada vez mais pesado ...mesmo que tudo seja renovado é apenas aparente...
É o fim da jornada Smiley

Sobre mim ...

 

Hoje vou falar sobre mim …

Raramente o faço … não tem haver com o facto de não gostar de falar de mim…pelo contrário.
Mas, porque acho enfadonho terem de ler sobre a minha pessoa. Biografias há por aí muitas e de certeza bem mais interessantes!
Mas afinal quem sou eu?
Eu posso até mesmo ser um ser de outro planeta disfarçado de humano para conquistar o mundo, como também posso ser apenas uma palerma no meio de tanta gente!
Mas prefiro dizer que sou uma pessoa comum (bem, nem tanto comum...), que tem os seus defeitos, mas que não deixa de ser alguém que faça alguma diferença.
Falando com formalidades, o meu nome é Ana Jasmin. Tenho neste preciso momento alguns anos em cima de mim… não tantos como estão a pensar… mas o suficiente para poder estar aqui. No dia 27 de Maio faço sempre mais um ano de vida… Hum… por ter nascido neste dia, que, segundo a minha querida mãe, foi ao um Sábado às 23h49m, o que significa que sou Gémeos, e isso quer dizer duas personalidades!
Até aqui, já devem ter percebido que não é fácil falar sobre mim!

Mas atenção ... duas personalidades não significa ter duas caras, tipo a Maria vai com o vento…até porque nem sequer sou Maria, com pena minha!
Para mim significa leviandade… nunca estou satisfeita… quero sempre mais e exijo muito de mim… Hum… isto é mesmo muito mau…além de ser vampira… gosto da noite, não para sair mas para fazer aquilo que me agrada:
- Ler – o maior vicio
- Ouvir música (baixinho para não incomodar ninguém)
- Desenhar
- “Blogar” por aqui …
E tenho outros… mas estes são aqueles que tenho feito nos últimos dias. Tenho fases! Amanhã se for preciso já estou noutro capítulo…
De mim como pessoa que sou já disse muito…

Sinto-me: incompleta... sim é a melhor palavra para me descrever neste momento. Sinto que me falta algo, tenho um espaço desocupado dentro de mim que ainda não percebi como o preencher. Posso ter, aparentemente, tudo para me sentir bem e na verdade sinto-me bem, com o que faço, com as pessoas com quem estou... Mesmo assim falta-me algo. Acho que tenho tentado adaptar-me a esse sentimento de modo a habituar-me a viver com ele. No entanto, continua lá... está presente. Sinceramente não sei o que fazer ou não fazer para que deixe de ter este vazio dentro de mim que por muito pequeno que seja parece um abismo entre o bem-estar aparente e o bem-estar quase pleno.

Resumidamente...sinto-me incompleta.
P.S. Mas estou bem… não fosse eu assim!

Sobre ti...

 

 

No tempo, já nao me recordo quando, mas sei que foi na Primavera, bateste na minha porta e eu deixei-te entrar... não olhei para ti o que significa que nem o teu rosto vi...

Entraste de devagar, espreitaste para dentro do meu refúgio e ficaste a contemplá-lo durante uns minutos...

Avançaste um pouco mais sem pedir...mas eu também nao te impedi de o fazeres... fiquei apenas a observar ...

O meu papel até àquele momento foi apenas o de espectadora.


E assim foram passando os dias, os meses... vinhas bater à porta e eu deixava-te entrar...começaste a fazer parte do meu refúgio... quando chegavas fora de horas o meu coração ficava inquieto... Smiley

Falámos durante horas sobre nós, as nossas vidas... eras tu e eu.

Chegámos a passar a noite juntos a conversar e eu sem ver o teu rosto...

Sem querer foste desarrumando a minha casa...o meu espaço... o meu coração...

Desarrumaste tudo à minha volta...

Amei-te ... amaste-me...amámo-nos loucamente uma noite em público até ficarmos exaustos...só nos queriamos beijar, abraçar...sentirmos os nosso corpos suados e nus apertados um contra o outro...deixámos de ver... ouvir...falar...só sentíamos o prazer de fazer amor...

Tinhamos vontade de dizer amo.te um ao outro...tinhamos vontade de gritar ao mundo inteiro e dizer AMO.TE para todo o sempre...

Sinto-me: Smiley Smiley porque tive vontade de gritar e permaneci em silêncio sem nada te dizer...

.Quem sou?

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Os mais recentes

. A Burka - Lágrimas que co...

. Partilhar em terras árabe...

. Curiosidades - Caganers

. O pior é se um dia acorda...

. Adolescentes de outrora ....

. Como vai ser o Ano 2008?

. Vamos reconstruir...

. Algumas sugestões de link...

. Carta ao Pai Natal...

. Um Natal com muito carinh...

.Prateleira

. Junho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.Os meus preferidos

. Porque partiste?

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds